História

UM POUCO DE HISTÓRIA...

 

A cidade de Itaporanga, situada a 420 km da capital paraibana, foi fundada em 1938 e polariza a região do Vale do Piancó, composta por 18 municípios. Localizada na mesorregião do sertão paraibano, Itaporanga possui uma área de 481,8 quilômetros quadrados, limitando-se ao norte com os municípios de Aguiar e Igaracy, ao sul com Diamante, Boa Ventura e Pedra Branca, ao leste com Piancó e Santana dos Garrotes e a oeste com São José do Caiana e Serra Grande.

Hoje chamada de Itaporanga, que na linguagem indígena significa "pedra bonita", a cidade que antes fora chamada de Misericórdia nasceu a beira de um rio e ao redor de uma capela.

Quando o desbravador português chamado Antônio Vilela de Carvalho chegou a região, por volta de 1765, construiu uma casa de morada e um curral para criação de gado, à margem do Rio Piancó. Ali, anos depois, começou uma pequena povoação, que aos poucos fixou-se também na outra margem do rio, onde construíram uma pequena capela consagrada a Nossa Senhora do Rosário, cuja imagem da Virgem fora doada pela Casa de Misericórdia de Portugal, fato pelo qual o povoado fora chamado de Misericórdia.

O lugarejo, em poucos anos, transformou-se um vila bastante desenvolvida. Já com um bom comércio e muitas moradias, Misericórdia prosperou e a sua excelente localização a transformou num centro comercial que atendia aos habitantes de uma larga faixa de terras, e servia de pouso e passagem obrigatória dos tropeiros. Aos poucos, a vila conquistou um número considerável de habitantes que constituíam suas famílias e fixaram-se no local.

A vila que dependia administrativamente de Piancó, ganhou a sua emancipação política, no dia 11 de dezembro de 1863, através da Lei Provincial 104. A instalação oficial do município só aconteceu no dia 09 de janeiro de 1865, permanecendo com a denominação de Misericórdia.

A cidade permaneceu por sessenta e três anos com o seu nome de origem, e somente em 1938 pelo Decreto-Lei Estadual número 1164, de 15 de novembro, passou a chamar-se Itaporanga. Contudo, em 1943, devido o decreto-lei Estadual número 520, o município voltou a chamar-se Misericórdia, denominação que permaneceu até o dia 07 de janeiro de 1949, quando, pelo Decreto Estadual 318, voltou definitivamente a ser Itaporanga.

 

A CÂMARA

 

ADAUTO ANTÔNIO DE ARAÚJO

Nascido aos três dias do mês de maio de 1901, no sítio Serra Branca, município de Misericórdia, Adauto Antonio de Araújo, apesar de poucos estudos exerceu a função de vereador no período de 1954 a 1958 numa época em que os vereadores não eram remunerados.

 

Reconhecidamente de boa índole, participou de atividades sociais, religiosas e econômicas e dedicou-se com determinação aos trabalhos políticos para ajudar Itaporanga a crescer.

Filho de Antonio Araújo da Fonseca e Maria Araújo da Fonseca, casou-se em 1920 com Alexandrina Bernardino, e com ela teve três filhos.

O modelo de integridade e retidão na vida pública tornou-o ilustre e merecedor de homenagens a ele dedicadas, a exemplo do nome da Câmara Municipal de Itaporanga.


CÂMARA MUNICIPAL DE ITAPORANGA
Av Getúlio Vargas Nº 139, 1º Andar - Centro - Itaporanga - PB
©2019 - Todos os direitos reservados